Pioneered by NASA Inicio
Español Portugal
O que é uma Ecosfera

O Equilíbrio perfeito entre arte e ciência

A Ecosfera original (Ecosferas®) nasce da investigação aeroespacial da NASA. Procuravam-se sistemas fechados no espaço onde os astronautas pudessem viver em viagens longas. Queria-se um ambiente auto-suficiente, que produzisse alimentos e oxigênio para a tripulação e conseguisse manter a água e o ar limpo e reutilizável. Fruto destas experiências nasceram as Ecosferas do grupo internacional Ecospheres.
A NASA cedeu esta tecnologia para que as pessoas pudessem entender melhor o equilíbrio da natureza. E estes pequenos mundos tão fascinantes são as Ecosferas.
É o primeiro ecossistema totalmente fechado; um mundo em miniatura completo e auto-suficiente integrado numa bola de vidro. Facilmente manipulável, uma Ecosfera é um elemento de aprendizagem que nos proporciona informação interessante acerca da vida no nosso planeta, assim como uma demonstração da tecnologia para a futura exploração do espaço.

Pode ver os seguintes videos pulsando sobre as imagens:

 

 

 

Num substrato de água marinha filtrada, habitam os camarões vermelhos, junto a microorganismos ativos e algas. Dado que a Ecosfera é um ecossistema auto-suficiente, não é necessário nenhum alimento externo. Deve-se simplesmente proporcionar à Ecosfera uma quantidade de luz indireta natural ou artificial que permita manter o ciclo biológico para poder apreciar este conjunto de arte e ciência, beleza e equilíbrio.
Ao tratar-se de um eco-sistema fechado e independente, os recursos vivos das Ecosferas funcionam sem contaminar o meio-ambiente, de forma que a Ecosfera não necessita limpeza e requer apenas um cuidado mínimo. A esperança média de vida das Ecosferas é de dois a cinco anos, isto apesar de haver casos em que os camarões atingiram aos vinte anos na sua Ecosfera. Verifique no manual de instruções para mais informação sobre a Ecosfera.

 

Uma Ecosfera é muito mais que uma inovação científica; trata-se de um trabalho artístico. Um tesouro vivo para possuir ou oferecer a alguém especial. Cada Ecosfera cria-se artesanalmente para conseguir um equilíbrio estético que consegue decorar qualquer ambiente, seja a nossa casa, um escritório, uma sala de espera ou uma loja.

 
O ecossistema é formado pelos camarões, água do mar filtrada, algas, bactérias, gorgonia e gravilha. Este tipo de camarões foi escolhido porque não exibem um carácter agressivo entre si. A gorgonia, a gravilha e o vidro proporcionam superfície ao ecossistema. Tais superfícies actuam como áreas onde os organismos se podem depositar-se. Apesar de, no seu estado natural, as gorgonias serem seres vivos, dentro da Ecosfera a gorgonia é um material de grande valor decorativo, mas sem vida, que foi colhida á mão para cada Ecosfera.
A Ecosfera é um claro exemplo de desenvolvimento sustentável que funciona à base de energia, mas que requer muito pouca quantidade desta. É uma pequena bateria biológica que armazena energia luminosa transformada bioquimicamente. Um excesso de energia luminosa pode alterar o equilíbrio do sistema, uma vez que estimularia um excessivo crescimento das algas, o qual levaria a que as algas consumissem rapidamente os limitados recursos nutrientes existentes no sistema de forma a que o sistema não conseguisse produzir a quantidade necessária para a sua manutenção.
A luz, junto com o dióxido de carbono da água, permite que as algas produzam oxigénio. Os camarões respiram o oxigénio da água e nutrem-se das algas e das bactérias. As bactérias transformam os dejectos dos animais em nutrientes para as algas. Os camarões e as bactérias também produzem dióxido de carbono utilizado pelas algas para produzir oxigénio. A temperatura também afecta a saúde da Ecosfera. Manter a temperatura constante aumentará a sua viabilidade. O funcionamento do eco-sistema de forma esquemática seria algo assim (por gráfico em movimento)


Basicamente os camarões comem algas e bactérias. Se os observamos de perto, podemos vê-los alimentando-se colhendo bactérias e algas das paredes da Ecosfera. Mesmo se as algas verdes não são visíveis, há uma grande quantidade de outros tipos de algas e bactérias que podem servir de alimento aos camarões. Os camarões comem também os seus antigos exoesqueletos. As imagens pálidas similares a camarões translúcidos que se podem observar por vezes no fundo são os seus antigos exoesqueletos (os camarões são crustáceos cujo esqueleto é externo e não interno). Depois de se desprender o velho exoesqueleto, um novo se expande e endurece.

 

Passando o cursor por cima da foto descobrirá a diferença entre um camarão e um exoesqueleto

A foto mostra um camarão logo após sair do seu exoesqueleto.

 
Há Ecosferas esféricas e de forma oval, disponíveis em vários tamanhos. Também é possível desenhar e instalar ecossistemas de maiores dimensões.
Consulte a nossa secção –como realizar o seu pedido para obter informação adicional sobre os modelos disponíveis.

O prazo de entrega é imediato (24h).
Para a instalação de Ecosferas de maiores dimensões ou diferentes formatos, contate-nos  pulsando aquí.